17 de outubro de 2013

Características dos Pré-Primários: 5 e 6 anos (parte 2)

Olá amigos do Blog, hoje vamos conhecer mais algumas características dos pré-primários, crianças de 5 e 6 anos. Clique aqui e confira a Parte 1.


Os Pré-Primários são:

 

1. Fisicamente: Ativos

 

2. Mentalmente: Questionadores

 

3. Emocionalmente: Veementes

4. Volitivamente: Cooperadores

 

5. Socialmente: Amigos

 

6. Espiritualmente: Confiantes

 

Características desta fase Infantil

 

1. Agitados: Obrigá-los a ficar imóveis e mudos durante muito tempo é algo sacrificante.

 

2. Curiosos: Perguntam sempre.

 

3. Imaginativos: Criam um mundo de fantasia.

 

4. Afetivos: É imensa a sua necessidade de afeição. Precisam de amor da mesma maneira que precisam de ar puro. Se essa necessidade não for satisfeita, a criança se tornará retraída.

 

5. Sugestionáveis e Crédulos: A criança acredita no que falamos. Devemos aproveitar para ensinar bons hábitos e boas atitudes.

 

6. Estão sempre em desenvolvimento: Aproveite para ensiná-los.

 

7. Instáveis: A sensibilidade da criança varia muito. Seus sentimentos são tão violentos quanto de pouca duração.

 

8. Receptivos: A criança receptiva aprende com mais facilidade, enquanto que a apática terá mais problemas devido à falta de reciprocidade com o mundo exterior.

 

9. Detalhistas: Não possuem visão panorâmica. Sua tendência é fixar-se num pormenor que os impressionam. Não sabem correlacionar. Prendem-se a detalhes que mais lhe chamam a atenção através das cores.

 

10. Espontâneos: Não tem capacidade de inibição, pois não sabem controlar o impulso vital de expressão e expansão.

 

11. Vivem no mundo presente: Não tem ideia precisa sobre o passado, e o futuro é apenas um prolongamento de seu presente.

 

12. Egocêntricos: Pensam e agem como se fossem o centro do mundo.

 

Como deve ser a aula para esta faixa etária

 

1. Com mensagem bíblica: Mostrar a Bíblia e retirar as histórias de lá. Não adianta a aula ser alegre, empolgante, cheia de novidade, mas sem mensagem.

 

2. Criativa: A aula não deve ser dada sempre da mesma maneira. É preciso que o professor seja criativo e conte as histórias de formas diferentes e empolgantes. Pode-se vestir bonecos, usar blocos de madeira, brinquedos em geral, fantoches de diferentes tipos, sucatas, figuras.

 

3. Com Cânticos: ilustrados, CDs, instrumentos do tipo bandinha: coco, chocalho, pandeiro.

 

4. Com momentos de oração: As crianças costumam ser sinceras e espontâneas em suas orações. Ensine-os a orar uns pelos outros. Ensine que Deus as ouve e que tem três tipos de resposta: Sim- Não- Espere.

 

5. Com ensino de versículos: Três versículos a cada quadrimestre. Varie a forma de ensinar: roupas no varal, quebra-cabeça, tiras de papel, flanelógrafo, na lousa, com figuras de revistas, com objetos, com gestos, e outras.

 

6. Com atividades especiais: Atividades instrutivas em que as crianças sintam prazer: caixa surpresa, lanches especiais, passeios, aula na casa do professor, etc.

 

7. Com concursos: De forma simples e valorizando sempre todos os alunos, num período curto para não desmotivar.

 

8. Com lanche: Ofereça um lanche simples no meio da aula. Sempre que possível relacione o lanche com a aula. Ex: falou de João Batista, ofereça mel.

 

9. Com brinquedos: Nesta idade é recomendado que a criança tenha um tempo livre para brincar. Ex: carrinhos, bonecas, blocos, brinquedos de encaixe, massinha, livros com gravuras, etc. Neste período aproveite para ensinar os fundamentos de uma boa convivência social.

 

10. Com dramatização:  As crianças desta idade gostam de” fazer de conta”. Os jogos, as brincadeiras e o “fazer de conta” são importantes porque proporcionam treinamento físico, instrução mental e meio para expressar sentimentos, imaginações e medos. Através da imaginação, a criança reproduz situações que mais tarde experimentará na vida real. Aprende a compartilhar e se relacionar com outras pessoas, reconhecendo e aceitando os defeitos deles e os próprios, e procurando se corrigir.

 

Necessidade da criança 

 

1. Carinho: As crianças têm uma capacidade imensa de amar. Elas também precisam ser amadas. A falta de amor prejudicará a construção de sua personalidade.

 

2. Elogios: Demonstre sua alegria quando a criança for bem sucedida, por menor que seja o empreendimento. Ajude-a valorizar a persistência. Dê pequenas tarefas que possam realizar.

 

3. Segurança: Toda criança precisa se sentir segura em relação ao amor que as pessoas que a cercam sentem por ela. É preciso que saiba que pode contar com a ajuda e o carinho dessas pessoas cada vez que enfrentarem uma dificuldade.

 

4. Orientação: Direção para aprender e se portar em relação às pessoas e às coisas do mundo em que vive.

 

5. Aceitação: Devemos aceitar a criança tal como ela é, sem preconceito. Mas sendo firmes quando age de forma incontrolável, com serenidade, sem agressividade. É muito importante gravar o nome da criança e chamá-la pelo nome. Cada criança deve se sentir útil, e para isso basta transformar cada uma delas em ajudantes. Isso traz união para o grupo.

 

Obs: O caráter da criança é moldado entre dois e cinco anos de idade. Por isso o ambiente doméstico é fundamental e influencia muito nessa formação.

 

  • Esperamos que tenham gostado de mais esse post do Blog Ensino Infantil num Clique. Compartilhe com seus amigos, papais, mamães e educadores.
  • Não se esqueça de escrever suas sugestões nos comentários logo abaixo.
  • Continue acompanhando as novidades do Blog inscrevendo seu e-mail. Em breve, vamos postar as Aulas Bíblicas para Crianças de 5 e 6 anos.
POSTADO POR

3 comentarios

Deixe seu comentario :)

Contact Us