Homenagem Dia dos Pais

Preparamos uma ideia para Homenagem de Dia dos Pais. Vale a pena aproveitar essa ocasião e fazer uma programação com as crianças de sua igreja. Veja a sugestão e tente colocar em prática. Depois não esqueça de comentar no Blog como foi a experiência. Espero que gostem!

 

 

HOMENAGEM DIA DOS PAIS

 

Ensaie 2 crianças (juniores ou jovens) que saibam ler bem e que tenham boa dicção (para que todos entendam o que vai ser lido) e prepare para apresentação deste manifesto de amor aos pais.

 

Com antecedência, para que as fotos fiquem prontas para passar no telão, tire foto de cada criança do departamento infantil com seu pai. Prepare um cantinho na sala de aula para isso.

 

No dia do programa, enquanto a leitura do manifesto de amor está sendo feita, vá passando as fotos no telão dos pais com seus filhos. Se possível, intercale a leitura com as fotos para não tirar a atenção do texto.

 

No final, reúna os pais à frente para uma oração. Peça a Deus sabedoria para cada pai exercer sua função na educação dos filhos. Que cada pai saiba de sua responsabilidade diante de Deus.

 

Distribua para os pais esse manifesto de amor. Faça um rolinho e amarre uma fita. Se possível faça também uma lembrancinha.

 

 

MANIFESTO DE AMOR AOS PAIS

 

Narrador 1 – Nós, os filhos durante os dias de nossa vida, reivindicamos muitas coisas como: atenção, carinho, amor, segurança, amizade, diálogo, ensino, paciência, correção, conselhos e outras atitudes que esperamos dos nossos pais.

 

Narrador 2 – Mas hoje, filhos e filhas, queremos fugir da rotina e fazer um manifesto de amor aos pais, para agradecê-los por nos amarem desde o nascimento até hoje, suprindo as nossas necessidades, nos socorrendo nas horas difíceis, nos corrigindo, ensinando e nos dando bons exemplos.

 

Narrador 1 – Queremos manifestar o nosso amor pelos cuidados que nos dispensaram e dispensam em nossa longa infância, quando exigimos muito de todos e só podemos retribuir com gestos de gratidão, respeito e carinho.

 

Narrador 2 – Nós os amamos pais, porque pensando no nosso futuro vocês levantam cedo e saem para trabalhar e na maioria dos dias, chegam quando já é tarde da noite.

 

Narrador 1 – Nós os amamos pais, porque conhecemos os tempos modernos, a vida na cidade grande… E, por isso, procuramos compreender as muitas ausências, o cansaço no fim de semana, quando queremos brincar com vocês. Compreendemos aquelas broncas quando as coisas não vão bem… Mas, agora pedimos: por favor, não exagerem!

 

Narrador 2 – Paizões! perdoem quando nós não correspondemos às suas expectativas. Se algumas vezes não somos melhores em casa ou na escola, não é por maldade, é que não conseguimos.

 

Narrador 1 – Hoje queremos dizer que vamos lutar com mais força e muita vontade para sermos melhores filhos e filhas.

 

Narrador 2 – E para terminar, o mais importante: Queremos manifestar o nosso amor ao Pai Celeste que deu o pai certo para cada um de nós.

 

Narrador 1 – Agradecemos a Deus que concedeu pais aos filhos, para dentre outras coisas, nos orientarem a alcançar uma vida moral e social sadia.

 

Narrador 2 – E mesmo que eles falhem devemos lembrar que só Deus é perfeito e também é fonte de sabedoria aos pais que cultivam um relacionamento significativo com Ele que se traduz em termos de reverência, submissão e obediência.

 

Narrador 1 – Agradecemos a Deus porque você pai é um instrumento usado por Deus para nos transformar numa pessoa parecida com Cristo.

 

Narrador 2 – Pai, o desejo de todos os filhos aqui presentes é que esta seja a sua oração:

“Ensina-me a ouvir-te Senhor, a aprender contigo para que meus filhos te honrem seguindo o meu exemplo”.

 

 

  • Curtiu a ideia? Compartilhe com seus amigos nas redes sociais!
  • Não esqueça de deixar sua opinião. Ela é muito importante para nós. =)
  • Inscreva seu e-mail em nosso site para receber os próximos posts. Até breve!

 

você pode gostar também:
6 comentários
  1. Renildes Veloso comentou:

    Amei e também já estou colocando em prática.

    1. Regina Cobra comentou:

      Obrigada Renildes por aceitar as sugestões. Deus abençoe seu trabalho.

  2. Dalviani comentou:

    Gostei muito da ideia e já estou tentando a colocar em prática na minha igreja. Obrigado pela ajuda….

    1. Regina Cobra comentou:

      Que bom! Fico feliz por poder ajudar. Deus abençoe o seu trabalho. Abr

  3. Membro de uma igreja comentou:

    Há crianças que não têm ou não conhecem o pai. Há crianças que perderam o pai recentemente. Há crianças cujo pai é um exemplo bem distante de Jesus. Há crianças cujos pais são separados.

    Entendo que a intenção da programação é boa, porém hoje em dia esse tipo de celebração é delicada e pode gerar desconfortos. Não seria melhor fazer um ou vários “dia da família”, simplesmente?

    1. Regina Cobra comentou:

      Entendo seu ponto de vista, mas muitas igrejas e classes pedem essa programação. Deixo a critério de cada líder e educador adaptar a mensagem para a sua realidade de ensino: homenagear o responsável, o avô, o tio e até não realizar a homenagem. O que não podemos é deixar de fazer para quem tem os pais e pedem ideias para fazer. Agradeço ter enviado sua opinião. Abraço

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Contact Us